Aljezur

Aljezur foi fundada pelos Árabes que ocuparam esta área durante muito tempo. A vila original encontra-se perto da encosta, no cimo da qual existe uma fortaleza. O curso de água que corre junto à base da colina esteve, em tempos, infestado de mosquitos que espalharam a malária, uma doença que matou muita gente no Algarve, mas que foi eliminada há muito tempo. Para encorajar os habitantes a afastarem-se do rio, o bispo Francisco Gomes de Faro ordenou a construção de uma igreja no lado oposto do vale nos meados do século XVIII ( tal como se pode ver na fotografia que foi tirada do castelo).

A melhor vista do vale e dois lados da cidade é-nos dada a partir das ruínas do castelo mouro do século X, cujo acesso pode ser feito a pé ou de carro. Reza a lenda que os cavaleiros de Santiago, sob as ordens de Dom Paio Peres, entraram pacificamente no castelo uma noite em 1249 quando uma empregada moura lhes abriu o portão e os deixou entrar.

As praias são a grande atracção nesta zona. São simplesmente fabulosas! Mesmo a Sul de Aljezur um entroncamento conduz às praias de Arrifana e Monte Clérigo. A Norte, existe um desvio assinalado com uma placa que diz 'praia' - siga-a até à praia da Amoreira. Na fronteira com o Alentejo, a praia de Odeceixe é uma enseada protegida, popular entre os surfistas.



Utilizamos cookies para fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a nossa utilização de cookies.